sexta-feira, 21 de março de 2014

Huacachina, um oásis perdido.




A Laguna de Huacachina é um oásis localizado na região centro sul do Peru. Huacachina  está localizada na cidade de Ica, capital da região de mesmo nome e fica a 306,6 km da capital Lima. Para se chegar a Ica o mais indicado é pegar um ônibus intermunicipal da cia. Cruz del Sur, que possui um excelente serviço à bordo e vende os bilhetes on line sem maiores problemas. Consulte o post sobre transporte no Peru.
oásis peruano
O embarque da Cruz del Sur fica no terminal rodoviário Javier Prado, no bairro San Borja (Avenida Javier Prado Este, 1109, Urb. El Palomar - Lima) e o embarque é exclusivo para passageiros desta empresa. Após 4h20m de viagem você descerá no terminal rodoviário de Ica (também somente para passageiros desta empresa). Cada passagem de Lima a Ica custou 55 PEN ou R$ 44,00.

Caso você queira locar um carro a rodovia que deverá tomar é a Panamericana Sur e seguir em frente, como o próprio nome diz, sentido sul. Uma grande reta. Uma observação: não se deixe impressionar pela pobreza na saída de Lima e ter aquele sentimento de arrependimento pelo visual não muito bonito. Conhecer Huacachina vale a pena, bem como las Islas Balestras.

Chegando em Ica:
Entrada de Huacachina




A melhor maneira de chegar a Laguna de Huacachina é pegar um táxi. Negocie o valor antes embarcar no táxi, sempre, no Peru. Os táxis não possuem taxímetro e corridas devem ser sempre combinadas com os motoristas. Huacachina fica a 10 minutos de  Ica. Uma corrida rápida que custou 7 PEN, o Peruvian Nuevo Sol ou simplesmente nuevo sol. Em reais saiu aproximadamente R$ 5,72.







Hoteis

Em Huacachina indico o Hotel Mossone, que por uma pernoite para dois, café da manhã farto, e wifi nos aptos. O Mossone fica num lindo prédio colonial espanhol, bem conservado, limpo e com excelente atendimento na recepção e funcionários muito educados, alem de estar localizado na beira da Laguna com uma excelente vista. Fiz a reserva pela Booking.com e paguei no hotel mais barato que o preço divulgado pelo Booking que era de US$ 68. O preço cobrado pelo Hotel Mossone foi de US$ 60 Veja algumas fotos do hotel Mossone.








O Mossone possui um lindo jardim interno cujos todos apartamentos são de frente para ele. Chegando no hotel peça indicação na recepção para fazer seu passeio nas dunas de Huacachina. O passeio de buggy custa cerca de 40 PEN, por pessoa, ou R$ 32,00. Vale cada centavo. Ou nuevo sol.O passeio é realmente um aventura maravilhosa. Não importa a idade.



Aventure-se. O passeio dura duas horas e recomendo fazê-lo depois das 16 horas devido o sol intenso nas dunas. A viagem é com muita, mas muita emoção. Para você ter ideia da emoção que te espera saiba que aqui se realizam etapas do Rali ParisDakar. O buguy leva de seis a oito pessoas.Se ainda não for cedo aproveite para dar uma volta ao redor da Laguna. quando falo uma volta é exatamente isso pois Huacachina é muito  pequena e fica toda concentrada ao redor da laguna.
         
                 
     

Bom, quando der a hora de seu passeio, vá para frente da empresa de turismo que te vendeu e aguarde o bugueiro.
Dica preciosa: vá de tênis (apesar que ele vai encher de areia e você também). Escolha peças leves como shorts, camiseta, óculos de sol, boné e muito protetor solar. E principalmente uma ou duas garrafinhas de água mineral. Lembre-se...você irá para o deserto de Ica

 

 




Entre uma emoção e outra, o motorista vai parando em várias dunas e você pode praticar sandboard naquelas dunas incríveis. O próprio bugueiro e dá uma tábua, vela para passar parafina e deslizar melhor naquelas megas, imensas, enormes dunas. São seis dunas do total. Vai começando numa mais baixa até a última que possui uns 200 metros de declive. Confesso que na última estava quase enfartando, já não conseguia carregar a tábua, andar, respirar.....e ainda por cima o bugueiro parou bem longe da descida. Levando em conta meus 47 anos, me senti um vitoriosa em conseguir descer as seis dunas e depois subrr novamente arrastando a tábua super pesada. Veja o tamanho das dunas.

             

tábua de sandboard para carregar dunas acima



Mas o mais lindo do passeio fica para o final quando você assiste um dos mais lidos por de sol que já vi na vida. É algo mágico e faz sua ida ao oásis Huacachina valer muito a pena. A vista  para o oásis é incrível. ainda mais no final do dia.





vista do Oásis de Huacahina
Bom, depois de muitas aventuras você merece um descanso. E sair para comer à noite as opções são poucas, mas eu eu indico um restaurante bem bacana que fica poucos metros do hotel e com muita comida deliciosa e barata, o Desert Nigths. Um prato de espaguete ao pesto, um frango a la plancha com papas e ensalada, duas cusqueñas, uma taça de vinho e um garrafa de água saíram por 40 PEN  ou R$ 33,00 para dois.

Após uma boa noite de sono, um ótimo café da manhã, pegamos um táxi para Ica. Fomos direto para a estação rodoviária da Cruz del Sur e deixamos nossas mochilas lá e formos dar uma volta em Ica para conhecer a cidade, visitar umas bodegas e fazer degustação de pisco. Ica é a capital nacional do Pisco, aguardente feita de uva. Ahhh, já estava esquecendo. Fechamos esse táxi, que na verdade era um motorista com um carro confortável para nos levar até a estação deixar a bagagem, levou-nos em duas bodegas de pisco: uma artesanal e outra mais industrial, com a degustação e visita as bodegas.Depois nos deixou em frente ao Museu Arqueológico de Ica pois tínhamos tempo livre já que o ônibus somente sairia as 18 hs. Tudo isso por somente 40 PEN (já incluso as entradas na bodega e a degustação). Reforce seu café da manhã. Contratei o motorista na mesma agência do passeio pelas dunas.

Lembre-se: os ônibus são poucos em Ica, a maioria vem de Arica ou Nazca. Assim assegure sua passagem com hora e assento marcado pelo site. Vá na janelinha para admirar a paisagem até Paracas. Ica encontra-se em outro post. Deixo uns links que podem ajudá-lo a montar sua viagem até Huacachina.

Antes que me esqueça, Huacachina quer dizer: huaca (em quechua) luto, lágrimas e china significa mulher. Assim é a mulher que chora. Diz a lenda do lugar que uma mulher perdeu seu grande amor, ficou tão inconsolável que suas lágrimas formaram a laguna. Ela transformou-se em sereia, mergulhou na laguna e nas noites de lua cheia as pessoas ouvem seus lamentos de amor. deve ser por isso que vi muitos huacachinenses namorando à noite na beira da laguna. Na pracinha da laguna a uma explicação da história. 

Pracinha de Huacachina
Laguna de Huacachina
 laguna ao entardecer
barquinhos para passear na laguna

Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário