domingo, 1 de junho de 2014

Convento de Santa Catalina, o ponto alto de Arequipa

Em uma cidade charmosa como Arequipa seria difícil escolher sua melhor atração. Mas a tarefa se torna mais fácil. pois nada desbanca o Convento Santa Catalina.
foto da fachada do convento Santa Catalina à noite, iluminada pela lua

abóbada do convento 
 Fundada em 1540 por ordem do vice rei de Espanha no Peru, Francisco de Toledo, a criação de um convento monastério para freiras era uma revindicação dos políticos locais. Alguns anos depois a viúva mais rica, bonita, ainda jovem jovem e sem filhos, doña Maria de Guzmán, viúva de Diego Hernadez de Guzmán, decide se retirar para a clausura do monastério e doar toda sua fortuna para a ordem das freiras de Santa Catalina de Siena. Assim tem início a grandeza do convento. A igreja de Santa Catalina é de 1660 e possui uma longa nave.



O mosteiro possui cem aposentos distribuído por seis ruas, três grandes áreas de claustros, uma igreja e uma galeria com pinturas coloniais. Em seu auge abrigou 450 pessoas, sendo apenas um terço freiras e o restante criados.


O monastério é de uma beleza arquitetônica fora do comum. Construído em sillar ou pedra vulcânica dos vulcões que margeiam Arequipa, sobreviveu a muitos terremotos. O pior deles em 1582.


A Galeria de arte Sacra possui uma pinacoteca com obras descobertas em 1970, quando operários que reformavam o convento descobriram um tesouro da época do vice-reinado peruano. Especialistas restauraram 400 obras de arte. Hoje estão expostas em duas salas grandes em forma de cruz. Muitas das pinturas são da Escola cusqueña. A mais famosa é "A Divina Pastora" atribuída a Marcos Zapata. Há também um retrato de São Miguel em armadura espanhola e capacete emplumado e outro retrato de Santa Catalina em uma cena num painel amparada por anjos. 

 



Atualmente além dos prédios em sua cor natural, outras partes foram pintadas de azul, branco e vermelho, o que deixa o convento ainda mais lindo.









Convento e Mosteiro Santa Catalina
Calle Santa Catalina, 301 - Centro Histórico - Arequipa - Peru
Ingresso: 35 soles ou R$ 28,00 (apesar de caro vale cada centavo). O Bilhete pode ser adquirido direto na bilheteria, sem adquirir antes.
Horários: de maio a dezembro, das 8 às 17 hs
                 de janeiro a abril, das 9 às 17 hs

O Monastério Santa Catalina possui museu, café, livraria, loja de souvenires (não deixe de comprar chocotejas, um doce peruano delicioso, feito pelas freiras da clausura).

a cafeteria do convento
tome um solzinho no jardim enquanto descansa seus pés.

Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário