sábado, 27 de dezembro de 2014

Museo Archeológico Nazionale e Biblioteca Nazionale Marciana


Com o bilhete adquirido para o Palazzo Ducale está integrada as entradas ao Museo Correr, Museo Archeológico Nazionale e Biblioteca Nazionale Marciana. Você pode adquiri-los pelo card Venezia Única ou direto no site do museiciviciveneziani.it. Passamo em uma visita muito rápida porque já havíamos ido ao Museu Correr e tínhamos um horário de visita guiada na Basílica San Marcos. Estes dois museus estão interligados junto ao Museo Correr

Museo Archeológico Nazionale - Bustos dos Imperadores romanos

Busto de Lucio Vero, irmão do imperador romano Marco Aurélio (130 - 169 d.C)
Museo Archeológico Nazionale é dedicado a coleção de antiguidades do período romano, esculturas gregas, peças em cerâmica e marfim, inscrições e uma coleção uma coleção numismática.
A maioria das peças foram doadas pela família Grimani.


Ritratto di Adriano (76 - 138 d,C), um dos maiores imperadores romanos de 117 a 138 d.C.

Ritratto di Tiberio (42 - 37 a.C.) Imperador de 14 a 37 d.C.
Biblioteca Nazionale Marciana


A Biblioteca Nazionale Marciana possui o maior acervo de manuscritos do mundo. Criada em 1362 por sugestão do poeta italiano Petrarca, ela ocupa a Piazzeta dei Leoncino na Piazza San Marcos. Na época o projeto não foi realizado e por ocasião de sua morte, Petrarca legou toda sua coleção pessoal para a cidade de Veneza. 

Franceso Petrarca nasceu em Arezzo em 20 de julho de 1304 e morreu em Acqua Petrarca, em 20 de julho de 1374. foi um dos maiores poetas, humanistas e intelectual de todos os tempos. foi o inventor do soneto, um tipo de poema de 14 versos. Petrarca é conhecido como o pai do Humanismo, filosofia que levou inspirou a Renascença italiana,


A coleção foi enriquecendo principalmente durante o período em que Veneza mantinha relações estreitas com Constantinopla. Hoje a Biblioteca Marciana possui um milhão de obras impressas antigas e modernas, 22.283 incábulos (livros impressos nas primeiras prensas), 13 mil manuscritos e 24 livros do século XVI.


As obras mais importantes da biblioteca são dois códices originais da Ilíada, do grego Homero, denominadas Homerus Venetus A e B. Cronologia Maxima de Fra Paulino, um manuscrito de Plínio (1481) e uma rica coleção de mapas geográficos.

Endereço: Piazetta dei Leoncini, 7 - San Marcos - Veneza
Bilhete: 16 euros integrado com os outros museus da Piazza San Marcos
Horário: de segunda à sexta, das 8 às 19hs e sábados das 8 às 13h30.


Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário