terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

On the road pelo Vêneto, terra dos meus nonôs



Saindo do aeroporto pegamos a A 57 seguindo as placas indicativas para Milão. A locação de GPS custa em média 15 euros por dia. Como necessitaríamos de 12 dias de locação a conta seria de 180 euros, cerca de R$ 558,00. Resolvemos baixar no nosso GPS o mapa da Itália no site Garmin, que custou US$ 50,00 ou R$ 137,00. Como você percebe a diferença é muito grande e resolvemos levar o nosso que funcionou direitinho.


As rodovias na Itália são ótimas e super seguras. Iguais as de São Paulo. O pedágio lá funciona como dos EUA. Você pega seu cupom direto na máquina ao passar pela guarita do pedágio com data, hora e local que você entrou na rodovia. 


Somente na cidade que você sair da rodovia é que vai pagar o valor que andou. E raramente a cabine tem um cobrador de pedágio como aqui. Você insere seu cupom na máquina e ela dará o valor a ser pago. Insere-se as notas ou moedas e ela dará o troco e devolverá o cupom, abrindo a cancela. 


 Observe na foto do pedágio (acima) que você não deve entrar na cabine que indica Telepass. Essas cabines são somente para quem tem o chip no carro, o qie dificilmente os locados não tem, É como o Sem Parar.


Aproveite as bonitas paisagens do Vêneto. 


As rodovias são muito bem sinalizadas com indicações de todas as saídas, e bem menos movimentadas que as rodovias paulistas.


Veneza é muito próxima de Padova ou Pádua. Menos de uma hora de viagem.


São várias as entradas para Padova. como tínhamos horário agendado para a Capella dei Scrovegni (obras de Giotto) para 12h15, pegamos a saída Est. Chegamos direitinho.



Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário