quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Filmes em Veneza II: o thriller de terror Inverno de Sangue em Veneza e a aventura Indiana Jones e a Última Cruzada


Outro filme rodado em Veneza não é muito reconhecido, uma verdadeira injustiça. Inverno de Sangue em Veneza do diretor inglês Nicolas Roeg.

                                

Estrelado pelo ótimos atores Donald Sutherland e Julie Christie em 1973, Inverno de Sangue em Veneza é uma trama psicológica e uma produção independente em parceria da Inglaterra com a Itália.


Um casal inglês perde sua filha de maneira trágica e se muda para Veneza porque o pai aceita um trabalho de restauração de uma igreja católica. A mãe desesperada se envolve com irmãs clarividentes que acreditam que Sutherland tem dons mediúnicos.


Enquanto isso, vários assassinatos ocorrem na cidade levantando a suspeita que um assassino serial está atuando na bela Veneza. Esse thriller possui atuação magistral de Donald Sutherland, que foi um dos melhores atores dos anos 70 com filmes incríveis como MASH (Robert Altman, 1970), Os Doze Condenados (Robert Aldrich, 1967), Johnny vai a Guerra (Dalton Trumbo, 1971), Klute seu passado o Condena (Alan J. Pakula, 1971), O Dia do Gafanhoto (John Schlesinger, 1974), Casanova de Fellini (Federico Fellini, 1976), 1900 (Bernardo Bertolucci, 1976) e Invasores de Corpos (1978).


Assista o thriller do filme.



Alguns cenários utilizados são o Gran Canal, os vaporettos, gôdolas,  a basílica Santa Maria della Salute e a igreja restaurada pelo personagem de Sutherland é San Nicola dei Mendicoli, em Dorsoduro.

San Nicolò dei Mendicoli



Indiana Jones e a Última Cruzada


  


Confesso que passei minha adolescência apaixonada por Indiana Jones. Um dos meus personagens preferidos. Os três primeiros filmes são perfeitos com seu herói bonitão e destemido, arqueólogo, professor de História nas horas livres e caçador de tesouros. Sempre atrás de um artefato perdido como a arca perdida de Moisés ou o Cálice Sagrado.

                                           

Quem  mais poderia ter sido o pai de Indi, senão o eterno 007, Sean Connery, uma escolha pessoal de Steven Spielberg e George Lucas.
                                                                       


As cenas rodadas em Veneza utilizaram a Chiesa de San Barnabá que serve como uma biblioteca, a piazza de mesmo nome por onde Indi sai de um bueiro no meio da piazza (em Dorsoduro) e as cenas de perseguição no Gran Canal. O desembarque inicial do vídeo abaixo é na Estação Salute e você pode ver o Campanário da Piazza San Marcos ao fundo e na foto acima a Basílica Santa Maria della Salute.



Afinal, quem é capaz de resistir ao sorriso de Indi, ainda mais em Veneza. Nem mesmo um nazista.




  

Passamos pela Igreja e Piazza San Barnabá, em Dordoduro. Afinal Indiana é inesquecível.


Estação Salute com o campanário de fundo


Fotos Vanderlea Tarantelli

Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário