terça-feira, 2 de junho de 2015

Le Cinque Terre, as jóias da Riviera Italiana





Juntas elas formam as Cinco Terras, pequenas enseadas escondidas ao longo da costa escarpada do Mar da Ligúria.





Por um longo tempo ignoradas e conhecidas somente pelos seus habitantes, esse trecho mostra cinco vilarejos praticamente intocados pelo tempo e banhados pelo mar do Mediterrâneo. Aqui a Itália parou no século 19.





Esse é um dos trechos de maior beleza da costa italiana com íngremes penhascos onde os pescadores das vilas só se comunicavam entre si por barcos ou pelas trilhas nas encostas, os sentieres. Hoje, transformado em belas trilhas pavimentadas nas encostas da Liguria, se chama Via dell'Amore.






Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso al Mare são verdadeiras jóias perdidas na Riviera Italiana. Ali poderia ter sido filmado o clássico neorrealista la Terra Trema, de Luchino Visconti. É aquela Itália dos pescadores, da alegria, da simplicidade, das pessoas que falam alto e que vivem do mar e da agricultura.






Suas belas trilhas produzem as vistas mais espetaculares que um ser humano pode ter visto. Se chegar pelo mar verá as casas que se erguem nas encostas dos rochedos, nos seus coloridos tons vermelhos, laranjas e amarelos.







A vegetação nas encostas é formada por parreiras, oliveiras, e pereiras que são plantadas por agricultores em degraus cavados nos rochedos.



Até Bocaccio, no século XV, elogiou publicamente os vinhos da Ligúria.



A Liguria é a terra da azeitona, do azeite e, por consequência, do molho pesto. Bom vinhos brancos são produzidos nessas encostas escarpadas, o sciacchetrà sempre para acompanhar o pigi al pesto.




Assim são as Cinqueterre, um sonho colorido de laranja do sol, amarelo dos prédios e verde do mar. Tudo dentro do Parco Nazionalle della Cinqueterre.




 

Um pedaço do céu encravado no noroeste da Itália.





 Coisas para se fazer na Cinqueterre:

1. Pegue uma praia em dias de sol, as únicas disponíveis ficam em Vernazza e Monterosso al Mare.
2. Passeie a pé pela Via dell Amore.

3. Passeie de bicicleta pelas trilhas del Parco Nazionale delle Cinqueterre.
4. Tome o ferryboat em Portovenere ou La Spezia. A chegada pelo mar produz uma sensação incrível para quem vê os povoados de baixo. O ferry atraca em todas as vilas, menos Coniglia.



5. Prove o vinho local  sciacchetrà, bem gelado acompanhado de um delicioso pigi al pesto.
6. Compre os temperos, pestos e azeites da Cinqueterre. eles são excelentes.



7. Perca-se entre os prédios coloridos das terre e misture-se aos locais.
8. Visite algumas ruínas, igrejas e e edificações muito antigas nas vilas, como a Chiesa di San Giovanni Batista (1340), Chiesa San Lorenzo (século 12), Torre di Avvistamento (século 11), Chiesa Santa Margaritha Antióquia (1318), Castello dei Doria (1170)  e o Convento Capucci.


9. Visite uma das vinícolas ou enotecas do parque ou dos vilarejos.
10. Se ficar mais dias passeie pelas outras vilas do Parco Nazionalle: Levanto, Volastra, Pignone e Val di Vara, que não estão à beira-mar


     


Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário