terça-feira, 2 de junho de 2015

Riomaggiore, a primeira terre


Essa maravilhosa vila de pescadores data do século 12. Seu nome, Riomaggiore é uma homenagem ao rio que ali existia e da Parco Nazionalle delle  Cinqueterre direto para o mar. Sua rua principal é a Via Colombo, cercada por casas torres, como se chamam esse edifícios coloridos.













É aqui, na via Colombo que estão os restaurantes, lojas de temperos e souvenires.




As mamas da Ligúria estendem as roupas no varal e as colocam para secar na frente dos prédios. Faz parte do charme das Cinqueterre.

















Na foto ao lado, você vê o tradicional castelo da cidade.


 A comida na Cinqueterre é barata. Porções de camarões, peixes e lulas vão de 5 a 9 euros, ou seja, 16 a 35 reais.



A maior atração, além do mar e da vila, é a Chiesa di San Giovanni Batista, do ano de 1340, que possui lindas portas góticas e uma fachada remodelada no século 19, com pilastras e estatuetas.


 

Aqui a vida parou no tempo. No outono, Riomaggiore fica vazia e os moradores ficam em frente as suas casa vendo a vida passar.


Para chegar à marina, vá até o final da Via Colombo.

 

De um lado da travessa (foto acima) fica a entada para a estação de trem. Do outro lado, uma escadinha leva a marina.      
                                       
     
Os murais de Silvio Benedetto,artista local, encontram-se na parte baixa da vila ao lado da estação de trem.



Os muretti a secco são paredes de pedra nas edificações locais que retratam a vida nas Cinqueterre.



Conheça mais de Riomaggiore, clicando aqui.        

Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário