quarta-feira, 1 de julho de 2015

Torre di Pisa ou como um erro de engenharia se tornou uma atração arquitetônica?






Construída em 1173 e finalizada em 1350, a Torre de Pisa foi construída em um solo totalmente arenoso e antes de sua conclusão foi inclinando-se. Em 1284 a inclinação era de 90 cm. Na sua conclusão a inclinação era de 1,45 m.


Em 1990 a torre foi fechada pelo governo italiano pois sua inclinação estava em 4,5 metros. Cabos de aço foram colocados na torre e amarrados ao terreno, parte do solo foi removida e toneladas de chumbo colocadas na sua face norte. Seis meses depois, a torre foi voltando a uma inclinação aceitável podendo ser reaberta ao público.





Sua inclinação tem atraído turistas do mundo todo. O grande cientista Galileu Galilei realizou suas conhecidas experiências sobre velocidade na Torre di Pisa.


A torre possui 55 metros de altura e durante séculos foram arrumadas dezenas de desculpas para esse erro de Engenharia. Entre as mais criativas e célebres estão que a inclinação da torre seria uma homenagem ao seu projetista, Willian  de Innbruck, que teria uma corcunda, e a segunda que a inclinação foi resultado de um protesto dos trabalhadores pelos baixos salários pagos. Surreal, não?

  





















Lindos frisos românicos e colunas ornamentam a torre. Em seus muros, figuras de animais e monstros enfeitam a torre com uma inscrição comemorativa sobre a inauguração do campanário.


 

Seu interior possui uma escada caracol aberta ao público de 293 degraus, que levam até a sexta galeria. A entrada para subir a escadaria da Tore di Pisa custa 18 euros. Na alta temporada é melhor adquirir o ingresso on line pelo site da Opapisa. Clique aqui para comprar. Consulte o site para saber os horários de visitação à torre.

   Fotos: Vanderlea Tarantelli

 Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário