quinta-feira, 12 de maio de 2016

O esplendor dos apartamentos reais na Galleria Palatina





A rica nobreza de Florença viveu com esplendor durante séculos. E o melhor lugar para ver como vivia a família Médici, e os que se seguiram, é a Galleria Palatina no Palazzo Pitti.

Sala do Trono dos apartamentos reais



A Galleria Palatina possui 11 salas principais, sendo primeiras cinco ricamente decoradas com pinturas e estuque no teto que exaltam os Médici. Na ala sul do primeiro andar, ficam os Apartamentos Reais, que foram construídos no século XVII. 



Na Sala do Papagaio está o trono onde os duques recebiam seus visitantes. Elas são revestidas de tecido vermelho com o desenhos de aves. O baldaquim abaixo possui o brasão da Casa de Sabóia.







































As salas são ricamente decoradas com móveis, objetos decorativos, vasos chineses, pinturas, tapetes, mosaicos, espelhos, lustres e tapeçarias.






























































Os apartamentos reais  foram amplamente decorados pelo rei italiano Umberto I, que ali viveu entre 1865 e 1870. Seu gosto era extravagante, com muito dourado, vermelho e em tecidos aveludados. Vasos, lustres enorme, mármore e pedras faziam o gosto do rei,


   

O arquiteto barroco, Pietro de Cortona, foi o responsável pela pintura dos afrescos no teto. Os afrescos datam 1637 e foram encomendados pelo governante da época, Fernando II. As obras se dividem em A Idade de Ouro e A Idade de Prata. Depois pintou A Idade de Bronze e A Idade de Ferro.










  


 





 

Vários retratos dos Médici, que decoram os Apartamentos Reais, foram feitos pelo pintor flamengo Justus Sustemans. O pitor trabalhou na corte de Florença entre 1619 a 1681.

 

 

Os aposentos verdes era reservado as diversas rainhas e duquesas que viveram no Palazzo Pitti.

  

Os duques de Lorraine, que sucederam a família Médici, deram um estilo mais neoclássico aos aposentos. Os Apartamentos Reais ficam fechados no mês de janeiro para manutenção.













O ingresso custa 8,50 euros e dá acesso também a Galleria de Arte Moderna e a Galleria Palatina, onde ficam os Apartamentos Reais (clique aqui). Com o Firenze Card o ingresso é gratuito.























Nenhum comentário:

Postar um comentário