terça-feira, 24 de maio de 2016

San Gimignano, o incrível Patrimônio da Humanidade nas colinas da Toscana

































San Gimignano é o mais lindo burgo medieval da Itália. Conforme as torres vão despontando sobre a cidade, localizada na colina Val d'Elsa, na Toscana, os olhos arregalam, o coração palpita e uma emoção toma conta. San Gimignano é uma verdadeira fortaleza da Idade Média. Faltam adjetivos para descrever esse local, mas vou tentar nos próximos 10 posts contar um pouquinho dessa beleza.




São 13 torre, um legado da Idade Média, de um período onde as nobres famílias da cidade rivalizavam entre si, para ver quem construía mais torres. Datadas dos séculos 12 e 13, a engenharia da cidade viveu seu ápice nesse período, por ser a rota de peregrinação do norte europeu para Roma, a chamada Via Franciena.



San Gimignano era dividida entre os moradores fiéis ao papado, em Roma, ou fiéis ao Sacro Império Romano-Germânico. Os que apoiavam o papa eram os guelfos e seus opositores os guibelinos . As torres foram construídas para defender uma facção da outra. Nicolau Maquiavel, historiador e diplomata florentino, mostra em seu livro O Príncipe, que as disputas entre guelfos e guibelinos eram orientadas pela República de Veneza, que queria expandir seu poder pelo centro-norte da Itália. Anos antes, Dante Alighieri, escritor de A Divina Comédia, teve sua vida influenciada por essa disputa e acabou amargando um longo período no exílio até sua morte.




O declínio econômico da cidade veio no ano de 1348 quando a cidade foi invadida e dizimada pela Peste Negra.




A cidade é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade, pela UNESCO.




Nenhum comentário:

Postar um comentário