domingo, 10 de julho de 2016

Quantos dias ficar em Roma, aeroportos, metrô e trens






































Quantos dias é o ideal para conhecer Roma? Uma pergunta difícil de responder, já que o ditado diz que não basta uma vida para conhecer a cidade. No mínimo três dias inteiros, sem contar os dias de chegada e partida, já que sempre se gasta um tempão para check out de hotel, deslocamento em trajetos para aeroportos, filas de despacho de malas e check in do voo, e vice-versa. O desejado e ideal, em minha opinião, são cinco dias. Vá por mim, é um pecado não curtir toda a beleza de Roma e se perder na História por um período curto.



Metrô:

Roma é muito mal servida em transporte público. São duas linhas de metrô, que se unem na Estação Termini, que também é a chegada e partida de trens internacionais e regionais.








 



 







Quem fica no centro histórico próximo a Piazza Navona ou Panteão, não possui metrô próximo, e a solução é caminhar mesmo e táxi se estiver muito cansado para a volta. Mas caminhar em Roma é incrível, você nem percebe o quanto andou, porque uma rua é mais bela que a outra.




O passe de metro unitário custa ¢ 1,50 com duração de 100 minutos. O passe 24 horas custa ¢ 7,00 e o de 48 horas, ¢ 12,50. Quem for ficar mais tem o passe de 72 horas por ¢ 18,00 e 7 dias, ¢ 24,00.






Aeroportos:
Mapa do terminal e aeroporto Leonardo da Vinci Fiumicino (FCO)
Aeroporto Leonardo da Vinci

O dois aeroportos de Roma são o Aeroporto Internacional Leonardo Da Vinci, também conhecido como Fiumicino e o Aeroporto Ciampino. O principal é o Leonardo da Vinci fica a 32 km de Roma. As chegadas e partidas no Terminal A são os voos nacionais, no terminal B voos nacionais e internacionais do Tratado Schengen (de livre circulação na Europa) e no terminal C, voos internacionais que não pertencem ao tratado Schengen (África, Américas, Ásia, Oceania e África).


Mapa do terminal e aeroporto Roma Ciampino / Giovan B. Pastine (CIA)
Aeroporto Ciampino


Trem do Aeroporto até a Estação Termini


O aeroporto internacional Leonardo da Vinci ou Fiumicino é a principal porta de entrada da Itália. Fora  táxi, o melhor maneira de ir até o centro de Roma é com o trem Leonardo Express, que vai até o Termini, O bilhete pode ser adquirido nos guichês da Trenitália ou nas máquinas de passe. A viagem custa ¢ 14,00. Mas atenção, se adquirir on line, a passagem tem horário pré-estabelecido e não é possível trocar. A viagem do Termini para o Aeroporto Leornado da Vinci funciona da mesma forma. As saídas acontecem a casa 30 minutos, e acontecem das 6h23 da manhã as 23h23 da noite.

Terminal Ferroviário Termini


A estação de trens romana, para chegada e saída a outras cidades da Itália ou da Europa é a Termini.


O Termini possui trens chegando 24 horas e possui lojas e restaurantes muito movimentados, além das principais locadoras de veículos. 


O Termini fica na parte central de Roma, o que facilita para quem não quiser de deslocar de táxi, pois existem muitos hotéis turísticos na região. Mas sinceramente, não gosto dessa parte da cidade. A noite fica mais barra pesada e com iluminação deficiente. Não vale a pena ficar próximo da estação, em Roma.



A cidade é muito linda a noite e não vale a pena ficar nesse ponto da cidade com uma Roma maravilhosa para se caminhar a pé e admirar seus prédios históricos. Então, um conselho, fuja dos hotéis da região do Termini.


 Os painéis localizados nos saguão e plataformas do Termini, orientam a chegada e partida dos trens, além da plataforma.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário