terça-feira, 20 de setembro de 2016

Todos os heróis do Panteão


Grandes nomes da História da França estão sepultados no Panthéon. A cripta ocupa todo o subsolo do prédio e divide-se em galerias.


 O túmulo de Votaire, o grande escritor e filósofo humanista está a pouco do também escritor e filósofo Rousseau. 

     















O escritor de O Corcunda de Notre Dame e Os Miseráveis, Victor Hugo, está enterrado no mesmo mausoléu que outro grande escritor francês, Émile Zola de Germinal.













Os restos mortais de Alexandre Dumas, autor de Os Três Mosqueteiros, Rainha Margot e o Conde de Monte Cristo repousam na mesma cripta onde estão Victor Hugo e Émile Zolá.















Jean Jaures político socialista que fundou o jornal L'Humanité, órgão oficial do Partido Comunista Francês, e composito da Internacional Comunista, o hino do movimento, é outro ilustre no Panthéon.

  


Os cientistas Pierre e Marie Curie foram transladados para a cripta do Pantheón em 1995. O casal de físicos estudou a radioatividade e o magnetismo.

 


Outra cripta muito procurada é a de Jean Moulin, o herói partisan da resistência francesa contra os nazistas. Essa é um homenagem ao herói, pois seu corpo nunca foi achado. 

 

Jean Moulin foi traído e acabou nas mãs da Gestapo, sendo interrogado e torturado por Klaus Barbie, oficial nazista.

O escritor e pensador político francês André Malraux, foi enterrado no Panthéon entre os notáveis do país. O amigo pessoal do escritor marroquino Albert Camus e do general Charles de Gaulle escreveu A Condição Humana.



Outros notáveis que estão enterrados ou são homenageados são:
- o pintor , físico e matemático René Descartes,
- o pintor Jacques Luis David,
- o criador dos sistema para leitura para cegos, Louis Braille.
- os físicos Paul Langevin e Jean Baptiste Perrin,
- o químico Claude Louis Berthollet,
- o padre revolucionário Joseph Chalier,
- o naturalista George Cuvier,
- o teólogo e poeta Fénelon,
- os matemáticos Joseph Lagranger, Lazare Carnot, Paul Painleve, e Gaspar Monge,
- os políticos Henri Georges e Jean Monnet,
- o arquiteto Soufflot,
- o oficial e navegador Louis Antoine de Bouganville,
- o jurista René Cassin,
- o jornalista, escritor, político e orador Honoré de Mirabeau.

 

A entrada do Panthéon custa ¢ 8,50. Quem adquiriu o Paris Museum Pass a entrada é gratuita. Para acessar o site do Panthéon, clique aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário